quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Os primeiros segundos




Aqueles 10, talvez 15 segundos ao acordar eram os melhores de seus dias. Em compensação, os minutos que se seguiam eram, definitivamente, os piores.
Digo que aqueles primeiros segundos eram incríveis porque eram os únicos momentos nos quais ela ainda não lembrava. Nos primeiros segundos do dia ela ainda era inteira. Tudo fazia sentido, as coisas estavam em seu devido lugar. Ela então abria os olhos lentamente, girava na cama, focava a visão e...
Lá vinha. Uma onda de calor, um peso e uma tremedeira danada bem no peito. De uma vez só, tudo o que ela não queria pensar nem lembrar vinha à cabeça. É como se seu corpo estivesse reconhecendo: “Ah, é verdade. As coisas estão assim. Uma merda!”. Às vezes chorava. Outras tentava, inutilmente, voltar a dormir. Mas, quase sempre, respirava fundo para, num salto, sair da cama.
Ela sabia que ficar ali não serviria pra nada. Que aqueles primeiros segundos já tinham acabado. E que agora tinha que ocupar a cabeça. Obedecer às delícias da rotina. Procurar um pouquinho de prazer no ordinário do dia-a-dia.
A satisfação de uma xícara de café perfeitamente passado. O primeiro (e insuperável) cigarro do dia. Outro trabalho bem feito entregue para um cliente contente. Quem sabe comprar alguma coisa? Assistir, sorrindo, enquanto sua mão risca os itens da lista de afazeres caprichosamente escritos na agenda.
Assim, de tarefa em tarefa, seu dia vai passando. O banho demorado, o filme e o livro que ela leva para cama são preliminares. Ela vai deitar. Abre seu livro e fantasia. Flerta com o que em algumas horas de sono está para chegar: aqueles ignorantes, deliciosos e perfeitos primeiros segundos do dia seguinte.

3 comentários:

Pati disse...

Os primeiros segundos são os melhores até para os mais felizes e satisfeitos com suas vidas.....será?! Acho que sim.

Adorei o texto Bidu....sentimentos já sentidos.
Beijinhos.

Luigi disse...

http://www.hippies.com.br/books/Carlos_Castaneda-Porta_para_o_Infinito.pdf


livro do castanedaa
altas ideias sobre sonhos sobre a vida

Anônimo disse...

o que eu estava procurando, obrigado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...