quinta-feira, 11 de junho de 2009

Da série listinhas bacanas – Edição Romance




O Dia dos Namorados se aproxima. Resolvi fazer uma listinha de filmes pra quem pretende passar a noite fria do dia 12 num clima cineminha. Tem dicas pra quem está em diferentes momentos românticos. Com ou sem cobertor de orelha!

* Os Amantes do Círculo Polar
Esse é pra quem tá sozinho, coração partido mesmo e quer dar aquela chorada boa! Pra mim um dos filmes mais lindos e românticos de todos os tempos. O círculo do título é um signo que acompanha toda a história. Perceba que até os nomes dos protagonistas (Otto e Ana) têm essa referência ao circular! Pena que ainda não existe em DVD. Quem quiser curtir essa dica vai ter que fazer mão do bom e velho VHS...

* O Marido da Cabeleireira
Pra ver debaixo das cobertas, pezinhos entrelaçados. O pai do pequeno Antoine um dia lhe pergunta o que ele quer ser quando crescer. Resposta: “Quero ser o marido de uma cabeleireira”. Décadas mais tarde, Antoine conhece Mathilde... Um filme que fala do que pode acontecer quando nossos desejos se tornam realidade.

* Asas do Desejo
Viu Cidade dos Anjos e achou legalzinho? Pois esse é o original, feito com maestria pelo diretor alemão Wim Wenders. Esse filme é pra quem está no começo do romance. Tudo é colorido, fantástico, empolgante. Naquela fase que a gente acredita que o amor conquista tudo e que, por amor, tudo vale. No filme, um anjo que acompanha os mortais em Berlim conhece e se apaixona por uma trapezista de circo. De forma super delicada, Wenders apresenta, nos dilemas de um anjo, anseios e dúvidas humanos.

* Alta Fidelidade
Tá na dúvida se casa ou compra uma bicicleta? Pois então esse é o filme pro dia 12! Rob é um trintão cheio de projetos inacabados que passa a maior parte do seu tempo fazendo listas “10 mais” (!) atrás do balcão de sua loja de discos. Ele tenta entender o porquê de seus relacionamentos não terem sucesso e parte para uma lista de seus cinco piores términos de namoro. Baseado no livro do inglês Nick Hornby, o filme vale, também, pela excelente trilha sonora (que acaba virando personagem da história) e por ser recheado de personagens excêntricos e deliciosos, como o funcionário da loja, vivido por Jack Black, e o atual namorado da ex de Rob, um podicrê new age interpretado lindamente por Tim Robbins.

* Vestígios do Dia
Curtir um amor platônico tem seu valor! Pra quem tá nesse clima, o filme é perfeito. Além de ser lindo, sensível e exato, traz a melhor performance do genial Anthony Hopkins. Ele é James Stevens, mordomo frio e contido de uma propriedade rural no interior da Inglaterra. A história cobre duas épocas distintas – a segunda metade da década de 30 e o ano de 1958, e trata da relação de James com a governanta da casa, vivida por Emma Thompson em outra atuação fantástica.

* Ata-me
Pra comprovar que Antonio Banderas já foi um baita ator... Ele é Ricky, um moço que acaba de sair de uma instituição psiquiátrica em busca de Marina Osorio (Victoria Abril), uma atriz pornô por quem o rapaz está apaixonado. Do diretor espanhol Pedro Almodóvar, Ata-me é uma história de amor contada de forma bem-humorada, sexy e inusitada. Pra quem quer dar uma apimentada básica na noite dos enamorados.

* Secretária
Seguindo a linha filmes calientes, esse é sensacional! Explora o fetiche secretária x chefe de uma forma sexy e surpreendentemente não-machista. Lee é uma moça tímida que vai trabalhar no escritório do advogado Edward. Meninas, o chefinho é o James Spader – lembram de Sexo, Mentiras e Videotape?! Pois os dois embarcam num relacionamento marcado pelo jogo submissão/dominação apresentado de forma delicada. Achei um baita filme. Uma história de amor. Sério. Mesmo.

* Closer
Terminou um relacionamento há pouco tempo e quer ver um filme pra reforçar a decisão de ficar só? Uma sessão de Closer e a gente se convence de que a canoa é furadaça! Baseado na peça de Patrick Marber, dirigido pelo grande Mike Nichols (A Primeira Noite de um Homem) e com um mega elenco, o filme nos confronta com aquele nosso lado sombrio que vem à tona quando nos deparamos com certos relacionamentos. O jogo de poder, a insegurança, a posse, o medo de se perder no outro, o querer exatamente o que não se tem. Filme é pesado. Mas é lindo. Muito lindo.

* Notting Hill
A história do dono de uma livraria especializada em turismo no charmoso bairro de Notting Hill, em Londres, que se apaixona pela maior estrela de cinema do planeta é pra qualquer situação. Casados, solteiros, namorados, enrolados, separados. Os protagonistas são vividos pelo Hugh Grant e pela Julia Roberts, mas a grande sacada do filme são os amigos do rapaz. Excêntricos, engraçados, doces, comoventes, reais. O filme é bem conhecido, eu sei. Cinemão e tal. Pra quem já viu, na minha opinião, vale rever SEMPRE. Não viu? Corre pra locadora e pega A-GO-RA! É o tipo de comédia romântica que acertou a mão em cheio e que não tem como a gente não ficar com um sorriso nos lábios e uma vontade de ser feliz quando assiste!

2 comentários:

PITA disse...

eeeeeeeeeeeeeeeee
Valeu as dicas! com certeza um desses eu vou pegar uma hora dessas para assistir!
Beijocasss

Mumu Joner disse...

muuuuito bacana!! adorei!! já vi que somos as duas cinéfilas e românticas... se os que já vi concordei com teu comentário, vou correndo pra locadora pegar os outros!! valeu! beijocas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...